Cinco avanços de redes Wi-Fi corporativas em 2014

Funcionários estão mais móveis que nunca, e o papel do WiFi crescerá na rede corporativa – de maneiras que você sequer imagina

O WiFi emergiu como a primeira rede para ambientes empresariais no ano passado, à medida que negócios de todos os portes continuam a adotar smartphones e tablets. A demanda por WiFi corporativo ultrapassou expectativas de crescimento como resultado de políticas de Traga seu Próprio Dispositivo (BYOD, na sigla em inglês) e novas tecnologias móveis inovadoras que chegam ao mercado. Em 2014, o WiFi empresarial mudará ainda mais conforme novas tendências ganham efeito.

Empresas adotam 802.11ac

802.11ac é o que há de mais quente em wireless. Representa a próxima mudança fundamental no protocolo 802.11 e promete impulsionar a velocidade no mundo do gigabit. Em 2014, a adoção do ponto de acesso (AP) 802.11ac crescerá, levada principalmente pela existência de mais de dispositivos com 802.11ac habilitados e também por fabricantes lançando 2 x 2 802.11ac APs de menor custo. Uma infraestrutura do tipo otimizada dependerá de fundamentos sólidos de wireless, design de rádio, sistemas inteligentes de antenas e adaptação dinâmica de radiofrequência.

Nuvem expande para PMEs

Pequenas e médias empresas (PMEs) enfrentam desafios quanto ao desenvolvimento de redes wireless LAN (WLAN) robustas porque tipicamente possuem poucas pessoas de TI e orçamento limitado. Ate agora, PMEs tinham duas escolhas: usar custosos e complexos sistemas WLAN ou acessíveis, porém sem tantos recursos, WiFi doméstico. Havia muito pouco antes disso.

Em 2014, soluções para gestão e serviços WiFi irão prover tecnologias empresarias até então fora de alcance para PMEs. Enquanto esses serviços oferecerão um bom modelo de plug and play para sites e funcionários remotos, eles não serão efetivos o suficiente no custo para boa parte das PMEs usarem como soluções gerais.

Emergem analytics baseados em localização

Serviços baseados em localização receberam muita atenção no mundo empresarial em 2013, dirigidos pelo fato de que muitas pessoas agora possuem múltiplos aparelhos com WiFi, incluindo smartphones, tablets e laptops. O espectro completo do processo de desenvolvimento de uma nova gama de modelos de serviços baseados em localização.

Em 2014, analytics baseados em WiFi terão um papel maior para organizações aumentarem a inteligência de negócio, definirem políticas de segurança e melhorarem a experiência do usuário WiFi. O WiFi dará muito mais que o acesso à internet. À medida que a tendência amadurece, os usuários irão procurar por aplicativos específicos para cada lugar.

Oportunidades abertas para Hotspot 2.0 e Passpoint

Ao longo de 2013, o protocolo Hotspot 2.0 foi desenvolvido e promovido pela Wi-Fi Alliance, operadoras e fornecedores de equipamentos. Em 2013, ao longo da adoção continuada do Hotpost 2.0 e dispositivos certificados Passpoint, esperamos que essa tecnologia ganhe mais tração nas empresas como outro meio de dar acesso WiFi e tornar a WLAN um centro de lucro para companhias e operadoras.

Devido à vontade de acesso WiFi, a real oportunidade emergirá para qualquer empresa ou lugar vender seu acesso WLAN, cobrando taxas pelo acesso. WLANs empresariais envolverão capital e despesas operacionais, e o Hotspot 2.0 oferece às companhias a chance de ganhar retorno com o investimento além de segurança no stream da receita, enquanto provem operadoras com melhores serviços de acessos a dados a seus assinantes.

WiFi Social

Aplicações de redes sociais, como Facebook, Instagram, Twitter e Google+ permeram quase todas as interações que fazemos online e nossa vida cotidiana. Mais serviços, aplicações e assinaturas são encorajadoras e, em alguns casos, requerem usuários a realizar um cadastro usando identidades em mídias sociais. Em 2014, vemos a extensão do WiFi se infiltrando entre companhias provendo acesso a temporários (os guest access). WiFi permitirá usuários logarem na rede usando as credenciais sociais.

2014 será outro ano bom para o Wifi, e seu potencial empresarial nunca foi tão grande.

*Salah Nassar é gerente sênior de produtos corporativos da Ruckus Wireless

Veja também: